sábado, 30 de abril de 2016

Eta Mundo pequeno que gira

eu ainda ando e não enxergo meus próprios passos
me encontro num destino que nunca pensei em estar
mais o que de fato se passou nessa vida
que todo homem não já sofreu ou se pós a cantar

e nesse mundo pequeno que gira sem parar
nessa bola constante nesse circo alucinante
vamos nos alucinar temos algo e raro
vamos rifar não temos asas mais vamos voar

eta mundo doido que que fez do homem um ego
que nunca vai cansar de se vestir a caráter
para cérebro o inicio não e o zero mais o que eu mais quero
e provar que só o dono do universo

eta mundo que gira e não para de girar
mundo pequeno incerto pronto pra desmoronar
gira gira fora de mão alucinado como um pião
eu que tomo um doce você que fica loucão

pra baixo mais baixo ate se afundar
tudo que não queremos jogue no fundo do mar
quem liga quem sabe quem vai se importar
um abutre a sua mesa uma criança e o jantar

se liga para desce que eu quero voltar
cade o nosso do disco voador que não veio me buscar
então me diga se rima ai vão se importar
mais quem liga se tem pipoca netflix e um sofá

eta mundo que gira e não para de girar
mundo pequeno incerto pronto pra desmoronar
gira gira fora de mão alucinado como um pião
eu que tomo um doce você que fica loucão