sábado, 5 de março de 2011

Os momentos inesquecíveis que não tive

Queria voltar aos tempos inesquecíveis
Em que eu não dei valor
Os fatos na vida, irreverências
Queria sorrir, queria sentir a dor
De uma ferida ,queria me arriscar um pouco mais na vida
Ter feridas que não se curam apenas com a brisa
Sentir o vento abrir caminho
Não queria um abrigo ou um simples destino
Sempre pedi mais do que precisava
Vivi sabendo que não me faltava nada
Mais existia algo que necessitava
Talvez faltasse uma grande jornada
Percebi também que era a necessidade
De ter lembranças pra sentir saudade
Copie a vida isso e fato
Vivemos todos como se fosse uma colônia de ratos
Quando me dei conta já era tarde
Quase cinco, já tinha acabado a sessão da tarde
Não me faltava oportunidades, pena que não soube pegar uma direção
Tava sem grana pra viaja de avião
Resolvi não fazer nada já que tava nessa e melhor continuar na vantagem
Pra que gasta grana com viajem
Vivia pensado que em algum lugar
Em algo está o que quero buscar
Perdi tanto tempo pensando
Quase fiquei louco procurando
Uma sensação que eu não sei como fala
Talvez faltasse ar ou não soubesse aproveita
Mas queria essa sensação parece
Loucura mais e como nos filme
Onde o caminhão esta vindo na contra mão e você
Não tem noção bate o carro e capota acorda no cão
E não entende nada e isso que procuro quando fizer minha jornada
caminhada e longa e eu to sem destino
Mais não importo eu vou seguindo
As estrelas no céu me dizem o caminho
Pois tudo que sei e que nisso eu to sozinho