domingo, 12 de dezembro de 2010

Brisas ao vento

Meu pensamento levado pelo vento
brisas minhas cultivadas pelo tempo
deixe passar, talvez elas voltem
criem raízes em mim e se moldem

Pensando em mudar algo pra renovar
mudar esse mundo que ta cansado de esperar
pessoas conscientes que entendam
as verdades que criem um pouco de coragem

Pra mudar em vez de se encaixar
e sentar na poltrona e se acomodar
a vida e compreendida ,moldada, explicada
pessoas como eu são as tais desencaixadas

Nos tratam como peças, somos os piões
enquanto eles da fila de traz ganham milhões
talvez seja injusto criticar esse jogo sujo
porque nos que somos os burros

Na minha filosofia segue essa rima
haja o que houver sorria sorria sorria
então olhe adiante sinta os ventos
ele confortara seus pensamentos

será melhor imaginar o mundo amanhã
pois você esta vivo pra poder pensar
e ter uns instantes pra brisar
sobre esse mundo que insiste em errar